.

A quem interessar possa

terça-feira, setembro 21, 2004

Farra dos queijos e vinhos

Oba, hoje tem boca livre no parc mont royal pros estudantes estrangeiros. Ontem me inscrevi no Tae Kwon Do do Cepsum. Pontos positivos: turma grande sala grande (bom pra conhecer uma galera), perto da universidade e do metrô, não é obrigatório usar kimono, tem uma boa infraestrutura. Ponto negativo o horário não é dos melhores, leia-se eu perco o finalzinho da aula de modelos... mas acho que nao tem problema, eu nunca aprendo nada durante a aula mesmo, se eu consigo com 3 horas de conflito, da pra fazer com 3h e meia.
Estou comprovando minha tese de que Tae kwon do é meio arte marcial de mulherzinha: a professora é mulher, a professora da professora tb (quase...) e quase metade da turma tb é mulher (não sei se é um ponto positivo). Como o kimono é meio caro vou comprar alguma roupa esportiva mais genérica.
No CEPSUM tb tem aula de Kendo (espada) e Jodo(bastao), mas fico meio com pé atrás de praticar pq é difícil continuar no brasil (tenho certeza de que nao vou continuar Tae Kwon Do, mas é bom exercício...) e nao dá pra aprender muita coisa em só um ano.
Estou meio sem saco pra estudar, por isso estou falando sosinho aqui, mesmo tendo pouca coisa pra falar. Relatório de anal (leia-se eletrônica analógica) é um porre!
Quem é esse cara usando pseudonimo de Brad Enro? É alguem que fala frances...

quinta-feira, setembro 16, 2004

Cof cof cof... como tem poeira aqui dentro!

Opa, fazia mó tempão que eu não escrevia aqui...
Agora estou arranjando um tempinho pra não perder o hábito. Já mandei o pedido do laptop pra dell. Se eles cumprirem o praso eu recebo semana que vem.
Este fds tem o PIED (programme d´intégration des étudiants du deuxième), um fim de semana num sitio para integrar a galera que acabou de chegar. Infelizmente não vou poder ir pq tenho muita coisa pra estudar e trabalho pra fazer esse fim de semana, além de eu não estar me sentindo muito social estas ultimas semanas.
Hoje tem uma festinha na casa da Samantha e eu estou na poly terminando um trabalho de PO com o Jonathan.
Abracos para todos que ainda tinham fé que eu ia voltar a escrever!


quarta-feira, setembro 01, 2004

Eta boi! Mais um post em engenheirês.

To tentando fazer o de-para aqui (mudanca de cursos). Tem que esperar uma fila enorme no guichê, e se não tem lugar na turma, espera e volta mais tarde. Meu deus, pela primeira vez, eu digo: No brasil é muito mas muuuuuito mais organizado. Nao tem como fazer substituição de Methodes Statistiques por Recherche Operationelle sem ficar com 3 horas de conflito no horário. Me sugeriram cancelar Probabilités pour Ingénieures e botar Automatique Industrielle no lugar. Ficaria ótimo se eu fosse da produção ("apenas" uma hora de conflito), mas como aluno da elétrica ia ficar meio mal (não dá pra conseguir equivalência com modelos sem processos estocásticos) .

To tentando falar com o professor pra dar um jeitinho, mas ele não está na sala e não tem secretaria nem nada. Esses países desenvolvidos são muito bagunçados!

Por que elétrica? Acho que é pra tirar onda de fodão, ser diferente, ter menos opções de emprego, e acabar trabalhando como engenheiro de produção e economista. Quer saber, próxima vez que der vontade de ser diferente eu passo a escrever com a mão esquerda, começo a jogar curling, ou viro comunista que é mais simples.