.

A quem interessar possa

sábado, junho 27, 2009

Carbonade Flamande

  • 1,5 Kg de músculo
  • 6 cebolas
  • 20g de manteiga
  • 1 c.s. de fariha
  • 1L de cerveja (quanto mais forte, melhor)
  • 3 c.s. de açucar mascavo
  • 2 folhas de louro
  • 4 ramos de tomilho
  • 3 cravos
  • 160g de pão de mel (ou uma c.s. de mel e um pouco de maizena)
  • sal e pimenta a gosto
  1. Dourar carne em cubinhos e separar
  2. Dourar cebola
  3. Acrescentar farinha e açucar, usar vinagre para desgrudar o caldo de carne da panela
  4. Acrescentar a cerveja, esperar até ferver
  5. Acrescentar a carne dourada e os temperos
  6. 2 a 3h no fogo baixo, ou pouco menos de 1 hora na panela de pressão, até a carne se desfazer.
O blog é meu e eu coloco o que eu quiser.

Marcadores:

quinta-feira, junho 25, 2009

Irony

IEEE, as everyone knows (or as we sure like to think everyone should know), is the world's largest professional organization, with over 365,000 members worldwide.
Now search for "
the world's largest professional organization" on google, and you will find IEEE in the 10th position,way behind the American Academy of Audiology. Apparently there are many "the world's largest professional organization devoted to..." out there. Maybe IEEE really should invest on visibility, or maybe it's a lost cause. Anyway, there is more to marketing and visibility than flashing billboards in Las Vegas.

Marcadores:

quinta-feira, junho 18, 2009

Irmãos de sangue, inimigos na retórica

  • aborto e pena de morte
  • legalização de drogas e o direito à posse de armas


Freqüentemente, quem defende um rejeita o outro, eu mesmo já fui assim (talvez ainda seja em outros aspectos). Pior ainda, se recusam a admitir qualquer proximidade entre os dois assuntos. E todos dizem que eu fico em cima do muro. A vista do alto do muro é privilegiada, mas acho que seria melhor que ele não existisse.

Felizmente existem excessões.

Marcadores: , ,

quinta-feira, junho 11, 2009

Será que sou só eu?



Faz uns 20 anos que essa imagem é reproduzida no mundo todo como um símbolo de heroísmo, integridade e autodeterminação.


Um
tanque parou diante de um manifestante civil desarmado. Todos os outros passaram por cima. Será que sou só eu que acho que o verdadeiro herói da história estava dentro do tanque? Ninguém nunca quis saber o que aconteceu com ele.

OBS: Só encontrei uma homenagem ao piloto do tanque.

Marcadores: ,